Região do Alentejo tem o menor número de casos de Covid-19 de Portugal e não registra vítimas fatais

17 de abril de 2020

Um mês e meio após o país detectar a pandemia de coronavírus, a região muito visitada por brasileiros e conhecida pelo turismo, gastronomia, vinícolas, cultura e por obter hotéis de luxo, se torna um oásis no continente.


Há quem diga que o mundo todo está tomado pelo Coronavírus, uma pandemia que transformou do dia para a noite o planeta. Mas, em quase todo deserto existe um oásis, e neste caso, se chama Alentejo. A região de Portugal detém o menor número de casos do país, e mantêm nula as estatísticas de morte.

O local abriga hospedagens de luxo, história milenar e quilômetros de terras com fantásticas vinícolas e plantações diversas, às margens do Rio Tejo. Comparando com outros locais do país, que em uma única região registrou mais de 10 mil casos testando positivo, o Alentejo apresentou apenas 155 confirmados registados pelo Serviço Nacional de Saúde.

Mas, o que realmente chama a atenção, é que Alentejo é a única região de Portugal Continental e Península a não apresentar vítimas fatais do coronavírus. Especialistas da saúde afirmam que a melhor explicação para tais fatos positivos foi a rapidez para dispersão social e o fechamento das fronteiras.


Empreendimentos e governantes de toda a região estão esperançosos com a melhora da pandemia, com o retorno das atividades turísticas e do convívio social.

Évora

O Convento do Espinheiro, primeiro hotel cinco estrelas do Alentejo, e que carrega consigo uma lenda baseada no milagre da Nossa Senhora do Espinheiro, encerrou suas atividades logo no início da Pandemia, visando preservar clientes, funcionários e colaboradores. Mas, decidiu manter o serviço ao cliente à distância (como cancelamentos, adiamentos e reservas futuras) feito por sua equipe em home office. Além disso, o Hotel está usando o tempo de reclusão para criar novas experiências aos clientes e oferecer uma reabertura diferente, afinal o Convento está colocando em consideração mudanças de comportamento, de consumo e de visão, por parte da população mundial. Por ser considerado uma referência na região, o antigo mosteiro receberá no pós quarentena, e de braços abertos como exige um monumento tombado e centenário, seus hóspedes, eventos e casamentos adiados, com implantação e formação de novas medidas de proteção para o após Covid 19.


Matéria: Hochmuller
Imagens: Divulgação
 

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Booking.com

Explore o Ouni

Notícias
Brasil

Mundo
Finanças
Política
Justiça
Esportes


Educação
Consumidor
Cotidiano

Serviços
Buscador

Locais
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
95 FM

Carros
Cultura
Famosos
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
E-mail

Reclame Aqui

Copyright 2008 - 2020 © MAXX Internet - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni